segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

E A MIM, QUEM É QUE ME RESGATA?
Camarão já tem plano para vir buscar os Bifes. Já o plano de Passos é que a gente vá morrer longe.


O Reino Unido já tem pronto um plano de resgate, envolvendo barcos e aviões, para vir a Portugal buscar os seu súbditos no caso de estes ficarem sem acesso às contas bancárias em virtude de Portugal ser corrido do Euro, coisa que pelos vistos está mais próxima do que muita gente nos anda por aí a dizer.

Enquanto o 1º ministro britânico se preocupa com os seus compatriotas, por cá temos um 1º ministro que o melhor que tem para nos desejar nesta quadra natalícia é que vamos morrer longe.

Mas voltando ao resgate inglês, dizia-me há pouco o meu amigo Norman, que se mudou de Leicester para a Graça quando se reformou há meia dúzia de anos, que com a saída de Portugal do euro e a desvalorização que se seguiria, os tais aviões dariam jeito era a trazer o pessoal de Inglaterra para cá, onde as pindéricas reformas que recebem em libras até lhes daria para viver bem melhor.

Enfim, enquanto os aviões e os barcos estão para aí parados há espera que os ingleses que cá vivem deixem de ter acesso às contas bancárias, a minha sugestão é que sejam utilizados para levar daqui para fora o pessoal dos recibos verdes que já não têm acesso às suas contas bancárias por o Mota Vespa-Audi Soares as ter mandado congelar.
.

Adenda de leitura obrigatória
Carta Aberta de Myriam Zaluar ao Primeiro Ministro.
(...)
Portanto, é o seguinte, senhor primeiro-ministro: emigre você, senhor primeiro-ministro. E leve consigo os seus ministros. O da mota. O da fala lenta. O que veio do estrangeiro. E o resto da maralha.
(...)

Sem comentários:

Publicar um comentário