sábado, 10 de dezembro de 2011

O Circo Euro-Solei


AS CIMEIRAS fazem parte de um programa para amortecer os efeitos daquilo que já se vem anunciando há muito tempo: o Euro vai-se desfazer com o mesmo aparato com que eclodiu, e vai levar para a cova o estrebuchante projecto da União Europeia. Os seus resíduos vão ser toneladas de pareceres dos euro-optimistas, euro-cépticos e euro-catastrofistas, e um continuado vai-vem de sinecuras burocráticas, leiloadas entre os países aderentes e sobreviventes, para nos virem pedir (sem direito a voto nem contestação) mais contributos, sacrifícios e austeridade, para nos garantir a entrada no televesionado Circo Euro-Solei, onde os artistas nos vão entretendo com mais uns quantos espectáculos de cimeiras, emolduradas com beijinhos e abraços, regadas com almoços e jantares, trocas de papeis e de promessas, a prometerem o paraíso na terra, e a deixarem tudo pior, ou exactamente na mesma.

Sem comentários:

Publicar um comentário