quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

HUNGRIA JÁ NÃO É REPÚBLICA E PEDE BENÇÃO DE DEUS
Será que em 1956 a ideia já era fazer o muro cair para este lado?


"A Hungria entrou em 2012 com uma nova Constituição em que deixa de ser “república”, restaura o poder do velho nacionalismo e do confessionalismo e silencia a oposição na comunicação social. O IVA subiu para 27 por cento.

A nova Constituição define o modelo do regime de Viktor Orban e do seu partido de direita e nacionalista Fidesz, que obteve uma maioria de dois terços no Parlamento, onde ainda conta com o apoio da extrema direita fascista, que dispõe de milícias organizadas e autorizadas.

O preâmbulo da Constituição suprime a palavra “república” da designação do país, que passa a chamar-se simplesmente Hungria, e inclui a fórmula confessional “Deus abençoe os húngaros”".

Ver em ESQUERDA.NET

Sem comentários:

Publicar um comentário