segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Recortes e Rascunhos (7)


«Se as fronteiras fossem fechadas por duas semanas, por qualquer motivo, morríamos todos de fome
 
Afirmação de António Moreira, advogado de Torres Vedras que intentou uma acção popular contra o Estado português, pedindo a revisão dos programas negociados com a União Europeia na área da agricultura, considerando que os subsídios concedidos aos agricultores se destinam, maioritáriamente, a compensá-los, para que renunciem a produzir, havendo dois milhões de hectares de propriedades abandonadas ou desprovidas de qualquer cultivo. Moral da história: vivemos, essencialmente, de bens alimentares importados.

Sem comentários:

Publicar um comentário