quarta-feira, 12 de outubro de 2011

DISTÚRBIO AFECTIVO NO CORREIO DA MANHÃ
Mas afinal quem é que levou o tiro, a mulher ou a amante?



"Tudo se passou pelas 16h40. No meio do violento confronto entre as duas mulheres, na via pública, o homem pegou numa arma e disparou um tiro que atingiu a amante. Após o disparo, o taxista transportou a vítima para o Hospital Santos Silva, em Gaia. A mulher foi atingida no antebraço direito e recebeu alta médica ao final do dia."

Com artistas destes a escrever para o pasquim, até nem é má ideia o Correio da Manhã ficar-se por estas cenas de alcova, a fazer concorrência ao DN, e deixar de se preocupar em dar notícias.

Sem comentários:

Publicar um comentário