sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Tecnocratas e “Bodes Expiatórios”


QUANDO é preciso apontar um "bode expiatório" a quem endereçar as responsabilidades pelo descalabro em que o país se encontra, bem como o fracasso que se avizinha, graças à incompetência e soluções mal embrulhadas, aí está alguém do governo a apontar o Partido Comunista Português e o Bloco de Esquerda como as opções mais à mão, agora que vai caindo em desuso apontar o dedo à “crise internacional” ou aos “mercados”.

Os tecnocratas disfarçados de políticos,são incapazes de conviver com opiniões diferentes da suas e, pior um pouco, coma própria democracia. Na pele de políticos, costumam desprezar a “arraia miúda”, têm o mau hábito de armar confusão, e na resposta apenas toleram a submissão e resignação.

Além disso, acusar o PCP e o BE, é uma escolha estúpida, apenas destinada a gente irreversivelmente estúpida ou desinformada.É que o PCP e o BE, que eu saiba, nunca foram administradores do BCP, do BPN ou do BPP, nunca foram governadores do Banco de Portugal, nunca foram os criadores de Parcerias Público-Privadas ou dos 10 estádios do Euro2004, nunca governaram a Região Autónoma da Madeira, nem tão-pouco o próprio país. Só que não estão dispostos a concordar com a sangria dos portugueses, nem a venda e hipoteca do património do país, por meia dúzia de patacos, para que logo a seguir tudo fique na mesma ou ainda pior.

Sem comentários:

Publicar um comentário