terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ex-chefe da CIA sobre a War on Terror de Obama "We don’t capture anyone, anymore. We take another option, we kill them"


A imagem é da série de TV Homeland, exibida em Portugal pelo canal Fox com o nome Segurança Nacional, centrada na ameça à segurança dos USA pelos planos de um novo Bin Laden que, talvez se venha a saber mais tarde no desenrolar da série, terá sido também mais uma criação da politica externa dos USA.

Sobre a série, e sobre a politica de segurança de Obama, vale a pena ler o artigo na revista online n+1, que entre outras coisas relembra a certa altura as declarações de Michael Hayden, director da CIA e da NSA no tempo de George W. Bush, e que teve a responsabilidade directa de supervisionar a utilização pela CIA de técnicas de tortura em detidos e de alargar as actividades da NSA a espiar ilegalmente cidadãos americanos, numa palestra na Universidade de Michigan.

Embora inicialmente contrário à politica de Obama na War on Terror, Michael Hayden reconhece agora que a politica de Obama é uma continuação da de Georges W. Bush, embora com algumas diferenças, por exemplo “We don’t capture anyone anymore.” Hayden said. "We take another option, we kill them. Now. I don’t morally oppose that”. E pelo que vimos das campanhas da reeleição de Obama, parece não haver nos USA muita gente a opor-se moralmente a uma politica que, só com o uso dos famigerados drones, já matou, sem detenção ou julgamento, mais de 2500 alegados terroristas.

Sem comentários:

Publicar um comentário