quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A rainha de Inglaterra afinal não é uma rainha de Inglaterra, a verdadeira rainha de Inglaterra é Cavaco Silva.

Isabel II na abertura do Parlamento a ler discurso escrito pelo 1º Ministro

Rainha de Inglaterra é uma expressão usada para nos referirmos a um Chefe de Estado que apenas detém funções cerimoniais, sem qualquer poder efectivo de intervenção nas instituições politicas do país, e também dum modo geral quando falamos de um qualquer verbo de encher, como por exemplo se classificou a si próprio este alto magistrado da nossa Republica.

Contudo  a divulgação de documentação reservada do Governo britanico, atira com esta ideia de a rainha de Inglaterra ser uma rainha da Inglaterra para a galeria dos mitos urbanos, pois ficamos a saber que quer a rainha Isabel II quer o príncipe Carlos intervêm activamente no processo legislativo do país alterando o conteúdo de várias iniciativas legislativas e bloqueando outras.

Já por cá, o presidente dum regime semi presidencialista há muito que meteu os poderes que jurou exercer numa qualquer gaveta do seu palácio cor de rosa, e promulga aberrações com que ele próprio diz discordar como  o Orçamento de 2013, a Extinção de Freguesias,  e qualquer outra merda que o  governo e a maioria PSD/CDS enviem para Belém, o que torna bem claro ser afinal Cavaco Silva a verdadeira rainha de Inglaterra.

Sem comentários:

Publicar um comentário